segunda-feira, 30 de junho de 2008

Dicionário de gírias


A

A vaca foi pro brejo - Faz referência a tempos difíceis, de seca, quando o gado parte em direção a brejos ou terrenos pantanosos em busca de água e se uma vaca vai para o brejo, ela pode morrer ou dar muito trabalho atolada. Dessa forma, essa expressão significa uma coisa ruim, a situação ficou ruim.

Afogar o ganso - Transar, fazer sexo.

Alemão - Branquelo loiro, garoto muito branco, do tipo, branco-fantasma.

Alisar salame - masturbar.

Almofadinha - engravatado, rico, Mauricinho moderno; termo próximo utilizado pelos próprios: Elite.

Alugar - Pegar para Cristo, como na frase "Ele me alugou o dia inteiro!" quer dizer sair do meu pé, não largor, roubar todo o meu tempo.

Amarelou - Não teve coragem de fazer algo

Apagar o cara - Matar o dito cujo.

Arame - Dinheiro.

-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-

B

Baba ovo - Indivíduo puxa-saco; bajulador; subserviente. Ver:  Chupa bola.

Bafo de onça - Mau hálito; hálito de pinga.

Bagúio - O mesmo que bagulho, coisa, negócio, lugar ou mesmo pessoa.

Baiano - Pessoa lesa, vagarosa, preguiçosa que gosta de coisas bregas, fora de moda ( termo usado em São Paulo ).

Baleia - Pessoa com peso acima do normal, gorda.

Baranga - Mulher feia, fora de forma e em alguns casos, mulher que se veste mal.

Barbeiro - Motorista inábil; Profissional incompetente.

Batata - Alguma coisa fácil; Alguma coisa certa de acontecer ou ter acontecido.

Batata quente - Problema.

Bater as botas - Morrer.

Bater boca - Discutir.

Bater com a língua nos dentes - Contar alguma coisa que ouviu ou que contaram. Não guardar algum segredo

Bater pernas - Andar; passear.

Beijar - Furtar, roubar. Ex.: "Beijaram minha caneta".

Bicha - Homossexual.

Bicho - cara; colega.

Bicho de sete cabeças - Grande dificuldade. A origem dessa expressão está na mitologia grega, mais precisamente na história de Hidra de Lerna. A lenda diz que hidra era um monstro de sete cabeças que, a serem cortadas, renasciam. Dessa forma, matar esse animal seria uma tarefa muito difícil, e daí a associação.

Bitolar - Decorar, estudar até a exaustão, preocupar-se; Bitolado: pessoa preocupada com algo, que estuda muito.

Bizarro - Apelido carinhoso como em "Seu bizarro!"; Estranho, exótico, sem nexo.

Boa pinta - Pessoa com bom aspecto, boa aparência. Bem apessoado. Legal. Simpático

Boca - Lugar perigoso, mal frequentado, lugar de marginais; Boca Quente: Termo que reforça a ideia de local ruim, quente faz referência a inferno, ou Boca do inferno, local ruim.

Boca na botija - Expressão usada quando alguem é pego fazendo algo de errado ou escondido

Boiar - Não entender; Estar por fora do assunto; Não entender o que está acontecendo.

Boiola - Bicha, gay.

Bolado - expressão usada para demonstrar indignação, decepção, chateação, constrangimento, vergonha .

Bolo no estômago - Sensação de enjoo, mal estar, vômito, náusea e que é sentida na região do estômago.

Botar banca - Querer se impor; Querer ser o maioral.

Botar lenha na fogueira - Instigar a briga; Atiçar

Brasa - Máximo; Ótimo

Broto - Rapaz ou moça

Brother - Amigo, chapa, chará (Termo utilizado no Rio de Janeiro).

Bruaca - Mulher feia; (sinônimo) Baranga.

Buraco - Lugar distante, ruim, não luxuoso, fim de mundo, lugar bagunçado.

Bufunfa - Dinheiro.

-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-



C


C - Diminutivo de você.


Cabeça - O chefe de uma organização ou quadrilha; O chefão ;Pessoa muito inteligente; Pessoa que possui a cabeça muito grande, muito utilizado como apelido

Caçadora - Mulher que procura homem, que "caça" homem.

Cair do cavalo -Ter uma decepção.

Cagar ou sair de cima - Não saber o que fazer ou o que quer fazer; Indecisão.

Camarão - Pessoa bastante corada.

Canhão - Mulher feia; (sinônimos) Baranga, Bruaca

Cantar de galo - Prepotência, contar vantagem, falar alto, mandar

Cara - Denominação para pessoa de maneira informal; (sinônimos) Meu, mano, brother.
Exemplo "Cara, eu vi umas minas muito loucas!

Cara ou coroa - É utilizado, em sua maioria, para a escolha de alguma coisa que tenha duas possibilidades (ou isso ou aquilo). É muito utilizado nos jogos, para decisão de quem começa, como por exemplo os jogos esportivos. A escolha é feita e a moeda é lançada para o alto. Quando a moeda cai, ganha o que escolheu a face da moeda que está voltada para cima. As primeiras moedas feitas no Brasil tinham a figura do rei em uma face e as armas da coroa Portuguesa na utra. Daí surgiu a expressão cara ou coroa.

Cara de joelho - Expressão geralmente usada se referindo a um bebê recém nascido, que ainda não tem as formas do rosto bem definidas.

Caraca - Interjeição que expressa surpresa, espanto, desapontamento.

Carango - Carro, automóvel.

Careta - Antiquado, fora de moda.

Carma - Esperar; Aguardar.

Carniceiro - Cúmplice, parceiro que pega as sobras de tudo, pessoa que segue um chefe, algumas vezes pode ser classificado como braço direito.

Carta branca - É utilizado quando alguém nos dá total poder e autoridade para fazer algo; Autorização para fazer o que quiser.

Casa do caramba - Lugar muito distante, longínquo.

Chapa - Amigo, termo usado usualmente em roubos, como uma introdução a vítima do furto.

Chapado - Drogado, bêbado, sonolento.

Chinelada - Transar; Praticar ato sexual.

Chove e não molha - Indecisão.

Chupa bola - Indivíduo puxa-saco; bajulador; subserviente. Ver: Baba ovo.

Chupão - Beijo forte no pescoço ou nuca, geralmente deixa uma marca roxa no local, dependendo da força.

Com o rei na barriga - Se achar importante, aparentar importância. Essa expressão surgiu nos tempos de monarquia, época em que as mulheres favoritas do rei, principalmente quando grávidas do mesmo, eram tratadas de forma distinta das demais, pois iriam procriar herdeiros.

Comer - Alimentar-se, ingerir alimento; transar, fazer sexo. Ver: traçar, fazer.

Confundir alho com bugalho - Ver Trocar alhos por bugalhos.

Costa quente - Protetor.

Criado pela avó - Envaidecido; pessoa cheia de não me toques; Homossexual; Delicado.

Custar os olhos da cara - Diz-se quando uma mercadoria tem um preço extorsivo.

Cuvioco - Lugar pequeno e pobre; (sinônimo) buraco.

-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-


D

Dar as caras - Comparecer em algum lugar; aparecer.

Dar duro - Trabalhar muito.

Da hora - Legal, bacana, de agrado geral. Faz referência a algo atual, do momento, "da hora", quer dizer, que no momento é um sucesso.

Dar a mão à palmatória - Reconhecer um erro.

Dar o molho - Fazer direito, bem feito.

Dar pé - Dar certo, ser favorável, ser positivo

Dar um corretivo - bater, ensinar através da força bruta.

Dar um piti - Irritar-se, esbravejar, agredir. Termo geralmente utilizado por profissionais de saúde, para expressar uma "falsa doença" do paciente,também como sinônimo de chilique.

Dar um troço - Gritar, espernear, enlouquecer. Normalmente utilizado quando a pessoa perde a calma e começa a falar alto, esbravejar, gritar irritadamente.

Dar uma mão - Ajudar.

Dar uma passada - passar rapidamente, ler rápido.

Dar uma de João sem braço - Pessoa que se faz de desentendida, que se faz passar por boba. Se refere a uma pessoa que finje não entender o que esta acontecendo para tirar vantagem da situação ou para o próprio bem, como fugir de uma confusão ou não fazer algo que lhe foi imposto, ou que deveria fazer. Em suma, significaria pedir para alguém que não tivesse os braços para realizar uma tarefa que necessitasse dos braços.

De fininho - Às escondidas; sorrateiramente.

De orelhas em pé - Ficar atento; escutar. Prestar atenção. Alerta

De vento em popa - Com sucesso, vitoriosamente, tal qual o navio deslizando quando a vibração do ar sopra na sua parte posterior. Tudo ocorrend bem, da melhor forma.

Dedo-duro - Sujeito que delata alguém.

Demorou - Expressão que denota espera prolongada por algo que já podia ter sido feito. Exemplo "Eu perdi a timidez e falei com ela! Ih! Demorou cara, já passaram na sua frente!"

Despachar o cara - Enviar para o outro lado, matar alguém; enviar alguém para um lugar distante.

Destrambelhado - Desastrado, descuidado.

Detonar - Acabar com algo, terminar, ver tudo sem deixar nada para trás. Exemplo "O jogo foi detonado!"; Arrasar, fazer bonito. Exemplo "Vamos detonar na festa com essas roupas!"; horrível, muito ruim, destruído. Ex: "Ai, meu cabelo tá detonado!"

Dobrar - Convencer; conseguir algo por meio de conversa ardilosa; conversar.

Donzela - Pessoa que acha que o mundo roda em torno de si, princesa ou príncipe, pessoa preguiçosa. Exemplo "Ei, não vai fazer a comida não donzela?"

Duro - Sem dinheiro

-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-


E

E aí - Interjeição que tem o mesmo significado de "hey", como que chamando uma outra pessoa.

Embaçar - demorar para fazer algo, fazer lentamente afim de demorar mesmo;(sinônimo) 
Fazer cera; situação difícil. Ex: "Ih, o negócio aqui tá embaçado!"

Em maus lençóis - Significa que alguma coisa ruim está para acontecer com uma pessoa ou que algo ruim já aconteceu, algo inesperado.

Empurrar com a barriga - Enrolar, postergar, adiar.

Encostar na parede - Pressionar alguém para que alguém tenha determinada atitude.

Encher o saco - Perturbar, amolar.

Entrar pelo cano - Prejudicar-se

Esquema - essa palavra tem quase o mesmo significado nessa frase, como "esquema de ação" ou "esquema de passe" de alguma coisa. Funciona da mesmo forma, só que resume a ação, como na frase "Tá ligado no esquema da festa?" pode ser "Sabe como será a festa?" ou "Sabe como iremos para a festa" o "esquema" no caso é referente a uma ação tática, como ir, fazer, trocar, comprar etc.

Estar com a corda no pescoço - Utilizada para designar alguém que está sob pressão, com problemas financeiros ou algo muito ruim está acontecendo com essa pessoa. Essa expressão é utilizada como referência a um enforcamento onde o algoz já teria colocado a corda no pescoço da pessoa que está apra ser enforcada. É como se a pessoa ja estivesse em uma situação muito ruim, mas a pior coisa ainda não aconteceu, ou seja, ainda pode piorar.

Estar com a corda toda - Estar muito animado, excitado. Existem alguns brinquedos que são a corda, assim como relógios. Quando se dá a corda toda nesses brinquedos, ele se move de forma mais agitada, mais rápido. Por esse motivo, essa expressão foi transposta para caracterizar alguém que está muito animado.

Estar com a macaca - Estar com a macaca é estar endemoniado.Para algumas culturas falar palavras como demônio, capeta, diabo, é sinal de má sorte, portanto, essas expressões eram substituídas por cão ou macaca. Mais tarde passou a caracterizar uma pessoa nervosa, estressada, irritada.

Estar de bobeira - Não estar fazendo nada. Ocioso.

Estar de chico - Estar menstruada.

Estar desligado - Não estar atento a um assunto. Oposto a "ficar ligado".

Estar duro - Estar sem dinheiro.

Estar ferrado - Estar sem saída, estar marcado; (sinônimos) Estar frito, estar fudido, estar lascado.

Estar frito - Estar sem saída, estar marcado; (sinônimos) Estar ferrado, estar fudido, estar lascado.

Estar fudido - Estar sem saída, estar marcado; (sinônimos) Estar frito, estar ferrado, estar lascado.

Estar lascado - Estar sem saída, estar marcado; (sinônimos) Estar frito, estar fudido, estar ferrado.

Estar limpo - Estar com a barra limpa, estar sem nada, não ter feito nada ilegal ou errado.

Estar liso - Ver estar duro.

Estar na fossa - Estar passando por uma fase ruim, estar mal.

Estar no mundo da lua - Estar pensando em outras coisas. Não estar prestando atenção. Divagar. Estar desatento.

Estar perdido - Estar sob grande dificuldade.

Estar por dentro - Ter conhecimento de determinado fato. Estar ciente.

Estar tinindo - Estar com bastante saúde, vigor, energia.

Estrepar-se - Prejudicar-se grandemente

Estrela - Atriz ou ator de cinema; Pessoa pedante, petulante.

Explosivo - Indivíduo neurastênico. Agressivo.

-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-
F

Fajuto - Falso; falsificado.

Falar pelos cotovelos - Falar demais; tagarelar.

Fanfarrão - Que conta vantagens. Que não leva nada a séria brincalhão.

Farinha do mesmo saco - Ser da mesma laia, da mesma estirpe. Normalmente utilizado em sentido de reprovação, para pessoas de caráter duvidoso. A expressão surgiu do fato de a farinha boa ser colocada em sacos diferentes da farinha ruim. Ou seja, serve para indicar que algum indivíduo seria do mesmo tipo de saco que o outro.

Faturar uma nota - Ganhar bastante dinheiro.

Favuca - Favela, cortiço.

Fazer - Transar, fazer sexo.

Fazer a caveira - Delatar; prejudicar alguém, na maioria das vezes com falsidade.

Fazer arte - Fazer estrepolias, bagunça, trapaça.

Fazer bonito - fazer bem feito, dar show.

Fazer cera - Fazer corpo mole, fazer o tempo passar.

Fazer corpo mole - Realizar alguma tarefa sem vontade ou com má vontade. Não querer realizar alguma tarefa. Embromar.

Fazer hora - Fazer alguma coisa para o tempo passar. Gastar o tempo. Enrolar para o tempo passar.

Fazer média - Agradar; Recompensar; Ato de querer agradar em prol de algum interesse.

Fazer rolo - Realizar uma troca.

Fazer pose - Bancar o bonitão. Indivíduo que quer se mostrar o melhor.

Fazer vistas grossas - Fingir que não vê algo que está errado.

Fechar o bico - Calar a boca; Não falar nada.

Ficar a ver navios - Perder bom negócio; ser ludibriado; ser enganado; perder alguma coisa.

Ficar cabreiro - Desconfiar de algo.

Ficar de butuca - Ficar atento; Observar; Prestar atenção.

Ficar de campana - Ficar de vigia para avisar alguém caso ocorra algum imprevisto.

Ficar de orelha em pé - Ficar atento.

Ficar frio - Ficar calmo; Relaxar; Não se preocupar.

Ficar grilado - Importunar-se, incomodar-se, chatear-se.

Ficar na mão - Perder uma boa oportunidade; ser ludibriado.

Ficar para a titia - Ficar para titia é mais utilizado para a irmã mais velha, quando a nova já teve filhos. Atualmente, também é utilizado para uma pessoa de idade mais avançada e que ainda não teve filhos. Também pode ser utilizado entre amigas.

Ficar plantado - Ficar parado em determinado local esperando alguém.

Ficar por baixo - Levar a pior; ser prejudicado.

Fila indiana - Pessoas ou coisas dispostas uma atrás da outra. Expressão surgiu a partir da forma de caminhar dos índios da América que,caminhando uns atrás dos outros, tapavam as pegadas dos que iam na frente.

Filá - Do verbo filar. Pegar um pouco; Pegar um pedaço; Pegar sem pedir permissão; Dar em cima de alguém que está disponível.

Filar boia - Fazer refeição em casa de parente ou amigo de graça.

Filé - Mulher bonita, boa de corpo, gostosa; Usado em diminutivo na maioria das vezes; Filezinho.

Fim de papo - Assunto encerrado, finalizado

Fritar alguém - Ferrar alguém, deixar a pessoa em maus lençóis, em má condição.

Frio na barriga - Sensação obtida quando alguém passa por situações de medo, ansiedade.

Frouxo - Covarde.

Frutinha - Pessoa efeminada.

Fuçar - Procurar; descobrir algo; Esmiuçar.

-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-
G



Galinha - Usado para ambos os sexo, para pessoas que saem com todo mundo, transam com qualquer um.

Galo de briga - Indivíduo brigão, arruaceiro. Pessoa que gosta de arrumar confusão.

Galho - Problema, dificuldade, perigo; Em outro caso se usa para designar o ato de trair. Ex.: Marina: -Queria ficar na sua casa hoje / Roberto: -Não, tem galho.

Gamar - Apaixonar-se, gostar muito.

Ganhar uma bolada - Ganhar muito dinheiro de uma só vez.

Garanhão - Homem que se gaba de transar com todas as mulheres que quer; indivíduo conquistador, muito namorador, que gosta de se relacionar com várias mulheres. Utilizado para homem.

Garfada - Furto

Garganta - Indivíduo que fala demais, que se gaba, que conta mentiras e vantagens.

Garra - Vontade de vencer. Gana de vitória. Empenho. Energia.

Gasosa - Gasolina.

Gente boa - Pessoa simpática, agradável, que tem boa conversa.

Gente da alta - Pessoa da alta sociedade.

Gente fina - Educado, simpático.

Gilete - Bissexual. Pessoa que se relaciona com ambos os sexos

Girafa - Pessoa alta e magra.

Golpe baixo - Pontapé nas partes inferiores do corpo; Jogada desleal, fora das regras, não
permitida; Traição, atitude ética duvidosa com outra pessoa.

Golpe de misericórdia - Pancada violenta para matar. Normalmente é o golpe dado quando a pessoa ou animal já está quase morto. Normalmente é utilizado quando se quer terminar com o sofrimento do quase morto. Também pode ser usado metaforicamente.

Golpe do baú - Antigamente era mais utilizado para um casamento que era realizado por interesse de alguma das partes e a outra parte possuía boas condições, era rica ou tinha bastante bens ou dinheiro. Ultimamente tem sido usado de forma mais genérica, não necessariamente se aplicando apenas ao casamento, mas também ao namoro e noivado.

Gororoba - Comida ruim, mal feita.

Gostar de aparecer - Procurar chamar para si todas as atenções. Exibir-se.

Gostosão - Sujeito querido pelas mulheres. Também pode ser usado para uma pessoa que se intitula querido, mas que na verdade não é.

Gozador - Brincalhão. Que gosta de fazer piadas.

Gozação - Piada. Brincadeira. Ato de ridicularizar alguém.

Grana - Dinheiro.

Gravata - Golpe atribuído no pescoço que imobiliza a outra pessoa.
Grilo - Problema, dificuldade, perigo.

Gringo - Americano; Forasteiro. Pessoa estrangeira. Termo que, às vezes, é utilizado de forma desdenhosa para designar norte-americanos.

Grogue - Ébrio; bêbado. Tonto. Abalado.

-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-
H

Homem - Policial.

-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-


I

Ideia de jerico - Má ideia. Ideia tola. Na Região Nordeste do Brasil, jerico é o mesmo que mula. Ou seja, seria o mesmo que ideia de burro, de mula.

Ir no escuro - Ir sem saber o que espera, se é bom ou ruim.


-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-

J


Jacu - Pessoa do interior, tímida, sem malícia.


Japão - Lugar em que tem muita gente, lugar lotado. Exemplo "Aquela festa estava o maior Japão!"

-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-


L

Lágrimas de crocodilo - Choro fingido. Lágrimas de fingimento; Lágrimas de mentira. A expressão popular derramar lágrimas de crocodilo surgiu de um fato real que ocorre com os crocodilos. Quando este animal come uma presa, ele a engole sem mastigar. Para isso, abre a mandíbula de tal forma que ela comprime a glândula lacrimal, localizada na base da órbita e isso faz com que esse animal lagrimeje.

Lanterninha- Empregado de cinema ou teatro, cuja função é indicar poltronas e tomar conta da sala. Utiliza uma lanterna para iluminar; Time ou pessoa que, em uma determinada competição, se encontra em último lugar.

Laranja - Indivíduo que se presta, consciente ou inconscientemente, a participar de golpes para outros indivíduos, normalmente poderosos em persuadir e, portanto, que se aproveita da ingenuidade alheia.

Largar mão - Desprezar alguém; Desistir de alguma coisa.
Lelé - Louco, maluco, desequilibrado.

Lelé da cuca - Muito utilizado para dizer que alguém tem uma opinião errada sobre alguma coisa. Doido; debiloide.

Lenga-lenga - Frescura, conversa fiada.

Levar a pior - Perder uma briga, perder em negócio. Perder alguma coisa de uma forma geral.

Levar a sério - Agir com seriedade, maturidade.

Levar no banho Maria - Tapear. Deixar uma determinada situação ocorrer e não querer nem
saber, ir levando. Usar outra pessoa.

Levar um papo - Conversar

Levar um vidão - Levar boa vida

Ligar as antenas - Ficar atento; escutar.

Linha dura - Indivíduo inflexível no cumprimento do dever. Incorruptível

Livrar a barra - Excluir alguém de uma situação difícil. Normalmente a pessoa que pode livrar
a barra tem esse poder ou tem a capacidade de fazer isso.

Livrar a cara - Excluir alguém de umas situação difícil.

-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-

M

Macaco velho - Sujeito escolado; astuto; Vivaldo.

Machão - Homem valente; homem macho; bonzão;

Mamata - Modo fácil de obter algo, ou de proceder de alguma forma fácil ou às custas de outrem; Situação favorável; lucro fácil. Sem fazer nada, sem trabalhar.

Mandar um migué - Mentira, enrolar alguém, trapacear.

Mandinga - Feitiço.

Mano - Diminutivo de "hermano" que do espanhol significa irmão, o que denota uma fraternidade entre amigos, uma irmandade.

Mão aberta - Indivíduo que não é mesquinho.

Mão boba - Mão que bolina. Mão irrequieta e maliciosa

Mão fechada - Indivíduo avaro; miserável; Pessoa econômica

Mão leve - Ladrão, pessoa que faz pequenos furtos com rapidez e facilidade. Também utilizado para pessoas que roubam com facilidade

Mão na roda - Ajuda.

Maria vai com as outras - É uma pessoa que não tem opinião, que segue o comando dos
outros, que se deixa convencer com facilidade. Essa expressão surgiu a partir de uma associação com Dona Maria, mãe de D. João VI. Enlouquecida e incapaz de governar, foi afastada do trono e só era vista quando saia para caminhar a pé, juntamente com as damas de companhia.

Marmelada - Trapaça, enganação.

Máquina - Automóvel; Arma de fogo; mulher;

Meter o nariz onde não é chamado - Utilizado para uma pessoa que está fazendo algo, tentando escutar algo, presenciar ou falando algo que não deveria. Se duas pessoas estão conversando sobre algo que ninguém deve saber e essas pessoas percebem que há uma terceira interessada no assunto, as duas primeiras podem dizer: "Você está metendo o nariz onde não é chamado."

Metido -Indivíduo intrometido ou petulante.

Metido a besta - Petulante. Pessoa que se considera melhor que as outras

Miar para trás -Ato de acovardar perante uma briga ou discussão.

Mina - Garota; diminutivo de menina, usado entre os manos.

Miolo mole - Debiloide; louco.

Meigo - Que faz algo meigo ou efeminado; ingênuo, inocente.

Mermão - Junção de "meu irmão"; ver mano.

Meu - Ver cara.

Mocinho -Galã de filmes e novelas. Normalmente o mocinho não morre no fim do filme, é aquele que vence ou ajuda a vencer grandes batalhas ou problemas.

Mofar - Ficar preso ou aguardando muito tempo.

Molhar a mão - Pagar alguém por algo ilícito; subornar.

Molhar o bico - Terminar o raciocínio, terminar de concluir o que está falando

Molhar o biscoito - Transar, fazer sexo; ver afogar o ganso.

Morô? - Entendeu?; está claro?

Morto com farofa - Lugar deserto; Parado. Estar muito cansado.

Muamba - Mercadoria fajuta, falsa. Mercadoria proveniente de contrabando.

Muambeiro -Contrabandista. Pessoa que comercializa contrabando, muamba.

Mulher da vida - Prostituta, garota de programa.

Muquirana - Pessoa mesquinha, econômica

-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-


N

Na crista da onda - No auge do sucesso.


Na moleza - Sem esforço, sem responsabilidade. Com facilidade


Na moral - Na boa, sem problemas; denota cumplicidade; usado em saídas estratégicas.


Nanico - Homem de baixa estatura. Anão.

Não ser para o bico - Utilizado para situações onde a pessoa não estaria preparada para conquistar ou obter determinada coisa; determinada coisa não estaria ao alcance de determinada pessoa.Muito utilizado para dizer que alguém não tem capacidade ou características para conquistar uma outra pessoa.

Natureba - Natural. Estabelecimento que oferece comida natural.

Não brincar em serviço - Frase utilizada para exigir seriedade em um negócio ou assunto.

Não me toques - Sistemático. Reclama de tudo.

Não tem negócio - Diz-se quando há desacordo em um negócio ou combinação.

Nêgo macho - Homem destemido. Machão.

Nem te ligo - Expressa desprezo, abandono

Nem vem que não tem - Discordância.

Nerd - Idiota, bitolado, babaca, besta.

Nota fria - Nota fiscal falsificada

Nove horas - Cheio de luxo, exigente.

-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-


O

O fim - Absurdo, cúmulo.

O fim da picada - É dito para situações fora do comum que são ruins, uma coisa que não
deveria ocorrer; fim do caminho. Picada é uma trilha feita por quem ingressa na mata, geralmente a facão, para facilitar a passagem e para marcar o caminho de regresso. Quando uma pessoa desaparece, é relativamente fácil procurá-lo, seguindo a picada. No entanto, se chegarem ao fim da picada e o desaparecido não for encontrado, corre-se um grande risco, pois quem atacou o indivíduo procurado o fez naquele local. De contrário, a picada teria continuado. Quem está no mesmo lugar onde aconteceu tal ataque corre o mesmo risco que o desaparecido.

Onde judas perdeu as botas - Lugar muito longe.

Otário - bobo, trouxa, mané; Aquele que é enganado facilmente; Traidor, traiçoeiro.

O tal - O bom; indivíduo importante.

Olho gordo - Inveja

Ok - Tudo certo. Tudo bem. Sem problemas.



-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-

P

Paraíba - termo carioca igual ao baiano paulista; ver baiano.

Passar lotado - Passar muito rápido, correndo, com pressa.



Passar um trote - Enganar. Muito utilizado enganações a partir de ligações telefônicas.


Patty- Diminutivo de Patrícia; garota que anda na moda, rica; armada de celular ou no mínimo um pager. Termo próximo utilizado pelas mesmas: garotas fashion.

Pau - Meter o pau: Bater em alguém, depreciar a imagem de alguém; Cair no pau: entrar em briga; Pênis.


Peixada - Ter proteção de uma pessoa influente; apadrinhado.

Pintar o sete - Fazer bagunça


Pintoso - Elegante, bem apessoado. Muito utilizado por homens que não querem dizer que outros homens são bonitos, utilizam a palavra pintoso.


Piranha - Termo feminino para garota de programa; Ver galinha.


Pirralho - Pessoa nova


Piripac - Histerismo; Ataque


Pistoleira - Mulher interesseira, que casa por dinheiro; Usurpadora, mulher "baixa".


Plantar bananeira - Pôr-se de cabeça para baixo apoiado nas mãos, equilibrando-se por certo período.

Pôr a boca no trombone - Denunciar; Gritar; Contar para todo mundo

Pôr a boca no mundo - Contar alguma coisa que não era pra ser contada; gritar.

Por as cartas na mesa - Esclarecer alguma coisa. Falar claramente. Dizer a verdade.

Pôr a boca no mundo - Contar alguma coisa que não era pra ser contada; gritar.

Por baixo dos panos - Clandestinamente. Fazer algo sem que ninguém veja.

Pôr a cabeça entre as pernas - Acovardar-se, deixar um ambiente com medo de alguém.

Pôr chifre - Cornear. Ter relações sexuais sendo comprometido ou com alguém comprometido.

Por na linha - Educar, fazer com que alguém proceda com determinados modos.


Porre - Bebedeira, tomar um porre é o mesmo que beber demais, ficar bebado


Possuído - possesso; dominado pela raiva, pelo ódio; pessoa que age de maneira estranha, age pela raiva.



Pra cima de mim - Diz o indivíduo querendo esclarecer que não é bobo.


Português - Diz-se do indivíduo burro, impecil, estúpido; Pessoa que age de maneira redundante; pessoa que faz as coisas da maneira mais difícil; pessoa que não entende as coisas, lesa.


Presente de grego - É o recebimento de algum presente ou dádiva que traz prejuízo ou não acontece beneficamente, como era para ser. Surgiu a partir da famosa Guerra de Tróia. Nessa guerra, um cavalo de madeira foi deixado junto aos muros de Tróia pelos Gregos, supostamente como um presente. Os troianos levaram o cavalo para dentro de seus muros, acreditando que suposto presente era uma rendição dos gregos. Entretanto, dentro do cavalo se encontravam vários soldados gregos. Durante a noite e após os troianos terem se embebedado e a maioria já estar dormindo, os gregos abriram os portões para que todo o exército entrasse e destruísse a cidade completamente. Daí a expressão "presente de grego".

Pular a cerca - Diz-se com relação ao homem ou a mulher adúlteros. Pular a cerca é mesmo que praticar um adultério.

Pulo do gato - Utilizado para designar a coisa que não é fácil de se fazer; segredo.


Puxa saco - Bajulador; pessoa que adula outras pessoas com intuito de conseguir algum benefício. Ver: Baba ovo; Chupa bola.


-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-

Q

Quadrado - Ver careta.

Qualé - Diminutivo de "Qual é", usado em questões. Exemplo: "Qualé a sua?" significado "O que você quer/ está querendo?"

Quebrar - Ficar sem dinheiro; estar duro, liso; Quebrar as pernas: ser muito difícil ou ruim. Ex: "Essa prova quebrou minhas pernas!"; ver também queimar.

Queimar - Revide de provocações com sucesso do queimador. Ex: "Vixe, o fulano levou uma queimada!"

Queimar a rosca - transar, fazer sexo; ver molhar o biscoito, afogar o ganso.

-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-

R

Rapá - Diminutivo de rapaz; ver cara.

Rato - Pessoa astuta, que conhece os macetes das cosas, pessoa maliciosa; rato de biblioteca: aquele que vive lendo; Rato de praia: aquele que vive na praia.

Redondo - Pessoa gorda; moeda.

Rolê - Passeio, volta; Dar rolê de vassoura: Ir passear e não encher o saco.

-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-

S

Sacô? - Entendeu?.  Ver Morô.

Secar - Olhar fixamente, a exaustão com a ideia de termino rápido ou de querer; Secar alguém: flertar com alguém, olhar fixamente para alguém. Exemplos: "Ela tá ti secando faz tempo cara!" sig. "Ela está de olho em você faz tempo amigo!"; "Pára de secar o meu sanduíche?" sig. "Pare de olhar fixamente como que querendo meu sanduíche?".

Sinistro - Sem explicação, que aconteceu e ninguém sabe como; pessoa obscura, não conhecida. Exemplo: "Esse cara é sinistro"; "Ih, não gostei disso, ele desapareceu e nem deu notícias, sinistro!"; muito legal. Ex: "Meu, que sinistra essa roupa!"

-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-

T

Tá ligado - Sabe, está sabendo, entende, está entendendo.

Tenebroso - Ver sinistro.

Tirar água do joelho - Mijar, urinar.

Trabuco - arma; mulher feia, baranga.

Traçar - Transar, fazer sexo.  Ver: afogar ganso, molhar biscoito.

Trampo - Trabalho.

Troço - Negócio, bagulho, coisa indefinida.

Tutu - Dinheiro; Ver arame.

-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-

U

Urubu - Cara que fica em cima das "minas"; cera que pegas os restos, ou no caso as ex-garotas rejeitadas dos amigos mais bem dotados; cara feio.

-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-

V


Vai ou racha - Termo utilizado para a pessoa que não sabe o que fazer ou o que quer fazer; Indecisão.

Velho - Amigo, camarada.


Verdinha - Dólar, dinheiro; ver tutu.


Viajar - Estar no mundo da lua, alienado das coisas, não estar presente mentalmente.Viajar na maionese: o mesmo que boiar.


Víbora - Pessoa traiçoeira.


Virar bicho - Ficar furioso.


Virar Casaca - trocar de lado, trocar de sexo, trocar de time etc.


Visita da cegonha - Nascimento de uma criança.

Vistas grossas - Diz-se quando uma pessoa finge não ver que algo está errado.


Viver no mundo da lua - Viver distraído;


-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-

X


Xaropada - Palhaçada; coisa desagradável

Xereta - Intrometido.

Xixi - Urina, urinar.

Xonado - Apaixonado.

X9 - Na década de 1940 e 1950, havia uma revista com estórias de espionagem nas quais o personagem principal era o "espião X-9". Desde então, todo dedo-duro é considerado um X-9 por comparação.

33 comentários:

Não gostei desse negocio de baiano ser priguiçoso eu sou baiana e discordo paulista de merda :P

nao gostei de algumas girias porque fala sobre transar e sobre sexo

nao gostei de algumas girias porque fala sobre transar e sobre sexo

O que é ''é o fluxo'' ?

Cara anônima,

também discordo disto, aliás, não gosto de qualquer tipo de esteriótipo.

Obrigado pela visita,

Grande abraço,

Diego Lucas

Caro anônimo,

Este é um dicionário que recebe colaborações de vários leitores.

Todo aprendizado é válido, boa leitura.

Obrigado pelo comentário.

Grande abraço,


Diego Lucas


Vcs ke sao de sao paulo quando vem a bahia sao tratados super bem gosta come acaraje curti o carnaval e depois fiva falando asneiras de nos pois fquem sabendo que somos guerreiro somos como qualquer um do nosso brasil pega a visao seus paulista de merda

ver ser muda ALGUMAS COISAS TA KK TIRAS ESSAS COISAS PORNOGRAFICASS KKKKKKKKKK

Achei o blog manero mas ñ goistei dos palavrão e das sacanagi
o nome é dicionario d girias ñ d palavrao tira essas porra daí seu merda

Nao gstei dos palavroes e das pornografia :-( se fosse pra falar d sexo nao entrava no blog d giria ces sao burro pra carolho puta q pariu

kra quem chingou os paulista não é todos q fala assim na verdade é 10%dos paulistas falam assim então lava a boca pra fala de são paulo

Eu não lavo a boca para falar de São Paulo essa Bagacera

São Paulo é uma bosta

Cabelo de Currite- pessoa com o cabelo despenteado.

Cabelo de Currite- pessoa com o cabelo despenteado.

A questão do Baiano foi mal interpretada e desnecessário dizer que os paulistas usam esse termo para caracterizar um preguiçoso, fazendo assim com que os baianos se sintam ofendidos, e os paulistas mal interpretados, já que houve uma generalização. O termo discutido é usado com a intenção de chamar alguém de preguiçoso por pessoas preconceituosas. Tenho 14 anos, sou de São Paulo e sei que o povo nordestino, no geral é um povo batalhador, assim como todos os brasileiros.

gostei do afoga o ganso

Vc e vadia ñ sei pq vc ta falando isto

# haaa galera eu acho q se essas coisas pornograficas como vcs falarao estao ai e pq tem pessoas q tem duvidas sobre isso,vai q uma pessoa fais um tipo de brincadeira sem gosto com essas frases ea pessoa nem sabe se defender por n saber oq e... Entao vai q acontece... Sei la so acho...

Gostei ta um pouco repetitivo mas e maneiro. valeu...

Muito informativo, legal.

Muito informativo, legal.

Demorou é meio que: demorô = ja é!

Adoro gírias e até voltei a falar muitas e sapequei de montão umas que amei pacas! E cadê xumbrega, xaninha, xororó, trambiques, trolhas, garças, bitibas, biribas, birinaite, socar banha, descabelar o palhaço, curtir umas, sacação, siririca, sartar fora, dar no pira, sacudir umas baganas, trolhar, mitigar, dandi, curuiba, pindaíba, durango, matreiro, mascatel, vilhana, numas boas, saciada, sacodeu, sifu, tamos nas carnes, estivada, dedéu, infaminha, fominha, telecoteco, ortobombas, sarrilhos, canga, cargas d'água, pimpolho, capeta em forma de guri, bananão, ufanista, mequetrefe, birinaitada, noitada, trepação, enervada, anômalo, curió e cacildis?

Muito útil MSM 😊😄, só falto oo: "grita".
Parabéns, nem sabia que existia isso tudo de gíria kkk, mandou bem ;)

Muito útil MSM 😊😄, só falto oo: "grita".
Parabéns, nem sabia que existia isso tudo de gíria kkk, mandou bem ;)

Segue no esquenta, cherokee! Tô descalço nesse teu sabonete! Se bem que os pipoquero tão tudo submerso! Mas foi bom te ver! Abraço!

Faltou o termo : "Bom de bico" ou Boa de bico .

Maria é " boa de bico " , pois não ajuda sua mãe nos serviços domésticos.
Pedro é " bom de bico" empresta o carro do amigo e não põe gasolina .

Bom de Bico =aproveitador ( só quer levar vantagens)

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More